Sessão da tarde – Lua de Cristal

Hallo meine kleinen Freunde! (Olá meus queridos amiguinhos! – traduzido do alemão by Google).

É feliz com o término da copa do mundo que começamos mais uma Sessão da tarde – dessa vez relembrando um épico do ano de 1990. E não estou falando da final entre Alemanha e Argentina, em que nossos Hermanos tomaram um sacode da alemãozada, mas sim do filme “Lua de Cristal”, um típico filme agua com açúcar de verão, que teve como publico nos cinemas cerca de 920.000 no primeiro fim de semana e um total de 5 milhões de espectadores, muito mais gente que o filme “Jobs” com Ashton Kutcher.

lua-de-cristal-xuxaVocê que é mais novo (a) deve pensar o porquê dessa multidão indo ver a Xuxa no cinema. Caso você seja da geração Xuxa só para baixinhos, não deve entender bem, mas se é um pouco mais velho e já viu os clássicos programas da Xuxa, suas roupas e danças sugestivas, conhece seu passado perturbador ou tem uma tia solteirona que grita como retardada quando ela aparece (aparecia) nas tardes de sábado do globo. Vai entender o sucesso desse filme.

Você acha que as maiores e mais perigosas guerras de Fan Boys são entre os Star Warriors e os Trekkies, entre Marvel e DC, ou entre Android e IOS, é por que nunca viu um embate entre os fãs da Xuxa e os da Mara Maravilha no auge de suas carreiras. Todas as duas com suas micro roupas seduzindo as crianças desde novas. Falando por mim. prefiro mil vezes a Mara..

Voltando ao filme.

Nesse filme vemos a intrépida Maria da Graça (Xuxa) que lutando pra realizar seu sonho de ser uma estrela, se muda para cidade grande e acaba morando com sua tia Zuleika e seus primos Mauricinho e Lindinha, que a fazem de gato e sapato. Bem, trocando em miúdos, é um conto de fadas de modo generalizado… Na vida real todos sabem os caminhos que Xuxa tomou, a fim de se tornar uma grande “Estrela”. Não sei se os relacionamentos com celebridades evidentes na mídia da época, conotação sexual ou os pactos satânicos (KKKKKKK) que fizeram ir tão longe. Digamos que Oito anos antes de lua de cristal Maria da Graça (a real), dava seus primeiros passos a fim de alcançar fama e fortuna na pele de Tamara, uma jovem prostituta que leiloa sua “virgindade” Xuxa_AmorEstranhoAmorno incrível, polemico e aclamado “Amor estranho Amor” onde a rainha dos baixinhos, da pra um baixinho o toque suave de sua pele hidratada a base de Monange (e outros leites de origens desconhecidas). Filme este que rendeu prêmios de revelação para nossa então ninfeta Maria da Graça. Acho que essas informações ela não faz questão de divulgar.

Bom voltando ao Lua de cristal, Maria da Graça (a personagem), conhece Duda (Duda Little/ Duda Esteves – atriz mirim da época, que trabalho com os trapalhões e trabalhou também na extinta Manchete onde apresentava o Dudalegria, hoje me dia é redatora no Mais Você ohhhhhhhh) vizinha dela… acho meio estranha essa Maria da Graça e seus envolvimentos com crianças, e também conhece Bob ( Sergio Mallandro) haaaaaaaaaaaaa esse Bob danadinho, personagem teoricamente “cômico” com nome tipicamente brasileiro, é a personificação do príncipe encantando de Maria da Graça. Em minha opinião Sergio Mallandro sem fazer Glu e Ié Ié não é Sérgio Mallandro… downloadfalando mais de duas palavras com nexo já é de se espantar, e o pior ..ele ser o ideal de homem pra alguém…estamos falando de Sergio Mallandro gente. Qual é… hoje em dia ele é chato …imagina em 1990….. Ele não pode ter mudado tanto assim… Acho que as maiores contribuições do Sergio Mallandro pra televisão brasileira, são as pegadinhas do mallandro e a  fundação do grupo As Malandrinhas. No Cinema O Inspetor Faustão e o Mallandro pra mim é um clássico que terei que falar numa próxima oportunidade, mas acima de tudo a contribuição do mallandro pra musica é o mais relevante, “Vem Fazer Glu Glu”, “O Ovo” com participação do Faustão e a regravação de “Um capeta em forma de guri” são clássicos do cancioneiro popular brasileiro que devemos valorizar.

O filme segue um ritmo morno, focando nos esforços de Bob para ajudar Maria da Graça (a personagem) a arrumar e manter um emprego na lanchonete do Seu “Bartô” e fazer com que sua amada musa se torne estrela num espetáculo.sergio malandro e xuxa

A única cena marcante do filme pra mim é ver Sergio malandro montado em um cavalo branco a fim de salvar sua amada Maria dos braços de Mauricinho o priminho vilão.

O Filme segue, as letras sobem e finito… o filme é morno. Mas sendo Xuxa é história.

Ficamos aqui no meu velho e querido banco, dizendo pra vocês de todo o Brasil que a Praça é Nossa.

E na próxima semana não deixem de conferir uma das primeiras propostas de reunir grandes estrelas num filme épico ao melhor estilo “Os Mercenários”. Semana que vem teremos “Junior” com Arnold Schwarzenegger e Danny DeVito, o eterno pinguim do Batman.

 

Untitled

 

Até La! Não deixem de comentar ..Peçam filmes!

Diego Urameshi

Diretor, editor e host no Zoacao40, burro de carga na vida real e alcoólatra não assumido. Rio de Janeiro, Brasil

  • teste

  • Hika

    Ficou muito bom Mamut! É sempre bom ler seus textos e reviver o passado doce, inocente e muito engraçado!!! Continue a nos entreter com seu vasto conhecimento de conteúdos para maiores de 12 anos xD….short dick man xD

  • Diego Andrade

    finalmente consegui comentar!!!! Muito foda a coluna cara, parabéns!!!