Sessão da Tarde – Phil Collins

Olá Cambada

Olha nois ai traveis

Vocês devem estar se perguntando, quem diabos é Phil Collins,

Não tem como não pensar em animações da Disney entre os anos 90 e 2000 sem pensar nas clássicas animações e seus temas musicais.
Vamos do inicio, Phil Collins é musico inglês de 65 anos, ficou “conhecido” por atuar em uma banda chamada Genesis em meados dos anos 70/80, como baterista e vocalista nesse período alcançou grande sucesso comercial, como todo grande líder de banda comercial de sucesso logo se lançou em carreira solo e também teve uma carreira solo expressiva, participando da trilha sonora de filmes, emplacando algumas baladas nas rádios e ganhando alguns premiozinhos por ai, algo como o Grammy

Pra ouvir e dançar, ou quase.

Phil Collins – Another Day in Paradise

Phil Collins – In the air tonight

Após um período apagado em sua carreira solo, a Disney teve a brilhante ideia de trazer esse ilustre compositor para atuar na produção musical de sua mais novíssima produção Tarzan(1999)
Particularmente sinto falta de boas animações 2D da Disney, da até uma nostalgia de lembrar como eram os lançamentos dessa época, um sucesso atrás do outro.
Em 2003 ele volta para compor a trilha sonora de Irmão Urso, que particularmente recomendo ver acompanhado de uma caixa de lenços.
E o que seria de todas essas lembranças sem a excelente adaptação da dublagem brasileira, a Disney sempre muito cuidado com suas adaptações, o que fica bem nítido com essas produções abaixo.
Confira abaixo algumas dessas obras:

Tarzan – 1999

Two Worlds One Family – Phil Collins

Adaptação Brasileira – Dois mundos – Ed Motta

Tarzan -Son Of Man (Phil Collins)

Adaptação Brasileira – Grande Homem – Ed Motta

Strangers Like Me – Phil Collins

Adaptação Brasileira – Estranhos Como Eu – Ed Motta

Irmão Urso – 2003

On My Way – Phil Collins

Adaptação Brasileira – Vou Seguindo o Meu Caminho

No way out – Phil Collins

Adaptação Brasileira – Não há saída ( Essa cena sempre arranca suor hetero dos meus olhos)

Depois dessa ultima cena, só me resta dar um tchau e um até logo, espero voltar em breve e com menos lagrimas no rosto.

Diego Mamut

Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, nascido homem, agora mamute, uma mescla de gostos, sons e sabores, uma poesia em forma de curvas um nerd em forma de bits, um homem em forma de pera.