[Resenha] Vingadores Secretos: Missão Marte

vingadores-secretos-fa967664e45ad74b104044254780a25d-480-0

O Reinado Sombrio de Norman Osborn acabou e sua força de segurança, o MARTELO, foi dissolvida. Temos então o surgimento de um novo braço da SHIELD, comandado por Steve Rogers, o antigo Capitão América.

Para dar apoio à equipe regular dos Vingadores, Steve forma um grupo voltado para a realização de missões disfarçadas. Compõem esse grupo: Valquíria, Viúva-Negra, Fera, Sharon Carter, Cavaleiro da Lua, Homem-Formiga (Eric O’Grady), Máquina de Combate e Nova.

VS1_01

Ed Brubaker nos traz uma história que mistura espionagem e ficção científica. O que começa como uma simples missão de busca de um artefato misterioso em Dubai vira em uma bola de neve, que culmina em uma intensa porradaria em Marte.

Diferente da equipe principal, os Vingadores Secretos agem nas sombras e não colhem os louros por seus feitos. Nas palavras de Steve Rogers: “O  problema de lidar com ameaças secretas, claro é ter que descobri-las antes de se tornaem mais do que ameaças“.

As artes das quatro primeiras edições ficam por conta de Mike Deodato, que não deixa nada a desejar, é claro. Com seu traço realista e sedutor, vemos perfeitamente as cursas das heroinas (e também dos herois). Rainier Beredo, colorista dessas edições, traz um tom sombrio aos desenhos, o que combina bastante com a temática do enredo.

Gostaria de destacar a edição cinco, que conta com as ilustrações de David Aja, Michael Lark e Stefano Gaudiano, além das cores de Jose Vilarrubia. Nela temos uma história que seria engraçada, se não fosse trágica, envolvedo o famoso ex-comandante da SHIELD, Nick Fury.

 

O encadernado Vingadores Secretos: Missão Marte faz parte da Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel da editora Salvat. O volume reúne as edição 1-5 da revista Secret Avengers.